RPG no Vale

Olá a todos!

Hoje vou falar sobre um evento de RPG que aconteceu na minha cidade, Itajaí – SC, neste último sábado, dia 25.
Aqui na cidade teve então um evento de RPG onde seriam reunidos vários mestres de vários sistemas, sendo eles Gurps, D20 Modern, Starcraft, etc, e entre eles D&D 3.5 e D&D 4th, cujos mestres deste último eramos eu e o Shin do Tomo4e (meu namorado).

O evento no geral deu bastante certo, jogadores que haviam participado do evento anterior, D&D Game Day – Players Handbook 2, apareceram nesse novamente, mostrando interesse no jogo, e a maioria eram pessoas que nunca haviam jogado RPG na vida antes.
Os pontos positivos foram estes, a assiduidade dos jogadores novatos, e também o espaço que era bem confortável e espaçoso. A segurança também era ótima, e não houve nenhum tipo de desavenças, o que foi muito bom e o que nos permite organizar eventos futuros na cidade.

Porém, também houveram muitos pontos negativos, como o barulho no espaço do evento, e as mesas dos mestres que estavam muito próximas umas das outras. No entando, o que eu menos gostei no evento, foi o comportamento de jogadores veteranos. Explicarei melhor: a minha mesa era de D&D 4th, onde todos os jogadores eram novatos que haviam jogado na minha mesa no evento anterior. Para fechar a mesa, entraram dois jogadores veteranos de 3.5 (nada contra) que odeiam a quarta edição e mesmo assim se disponibilizaram para jogar. Eu expliquei como era a ficha para os jogadores, e os veteranos mostraram muito desrespeito durante o processo e também confundiram os novatos para se divertir. Durante o jogo, os tais veteranos fizeram de tudo para atrapalhar a mesa e o jogo, e a cada ação diziam “eu odeio a quarta edição”, até que eu me irritei e falei que então ali não era o lugar deles, e eles deveriam passar a ficha adiante para alguém que quizesse jogar. Depois disso, o evento fluiu muito bem, entraram outros jogadores novatos no lugar, e eles se divertiram muito. Eu não acho que fiz a coisa errada, embora algumas pessoas possam reprovar a minha atitude.

Enfim, o evento teve seus altos e baixos, mas no fim, ocorreu tudo bem. E agora é só a espera pelo próximo!

Anúncios

Backgrounds

Olá a todos!Hoje irei escrever sobre algo que a maioria dos novos jogadores tem dificuldade: o background.
Afinal, o que é isso? E porque é tão importante?
Bem, o background é toda a história e personalidade do personagem. Com ele, a aventura pode tomar outros rumos, ou gerar side-quests, também é importante para saber como que o personagem vai lidar com o grupo, e qual o objetivo dele em se aventurar, já que não é algo completamente normal sair de casa em um dia de sol dizendo “irei arriscar minha vida todos os dias com monstros que podem comer a minha cabeça por pura diversão!”O background, além de tudo, é algo que faz com que o seu personagem seja único. Quanto mais detalhes você dar sobre o seu personagem, mais completo ele fica, desde a história até a sua aparência, e o mais importante: suas manias, vícios, coisas que odeia… Assim, nunca existirá um personagem igual a outro.

Exemplos de Backgrounds: Eladrin

História:
Lórien Numenesse é uma eladrin, que veio das florestas mais reservadas da Feywild, cuja qual é dividida entre quatro partes, e em cada uma vive algum tipo de povo das florestas. Ela é usuária de magia, por obrigação de seus pais, ja que os conhecimentos arcanos são passados de geração em geração, em uma importante linhagem de grandes magos. Porém, o reino em que Lórien vive está em uma constante guerra contra os humanos ambiciosos que estão em busca dos segredos místicos da Feywild. Os eladrins sempre estiveram em grande vantagem, porém as tropas humanas tem cada vez conseguido mais homens para lutar. Como uma medida desesperada, o Reino decide enviar Lórien, uma maga excepcional, para fora do abrigo das florestas, em busca de algo que possa ajudá-los a vencer a guerra, ela deve deixar o seu lar a procura de algo que evite que ele seja destruído.

Personalidade e aparência:
Por não conhecer outro lugar a não ser as florestas de onde veio, Lórien é uma pessoa reservada, fala comum com muito sotaque, e tem um certo tipo de aversão à seres huamanos, não confiando neles. Traja um robe azul escuro, feito por seus ancestrais e passado por gerações até chegar nela. Seus cabelos são longos de um laranja claro, e seus olhos são da cor da lua. Sua pele é tão clara quanto o brilho das estrelas e sua delicadeza ao agir a torna um ser bonito de se olhar. Conjura as suas magias com perfeição, pronunciando as palavras mágicas como se fossem melodias.

Bem, esse foi um exemplo de background que pode ser usado em qualquer mesa de RPG. O importante quando for criar a história do seu personagem é perguntar:

* De onde ele veio?
* Por quê ele saiu de lá?
* O que ele procura (especificamente)?
* Como ele se parece?
* Como ele age?

Acho que com isso é possível criar background com um pouco mais de facilidade.
Espero que tenham gostado do post de hoje, no próximo post deixarei disponível a ficha deste personagem, caso alguém queira usá-lo em alguma de suas aventuras.

Até a próxima!